Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 6.jpg
  • 10.jpg
  • 4.jpg
  • 3.jpg
  • 1.jpg
  • 9.jpg
  • 2.jpg
  • 5.jpg
  • 8.jpg
  • 7.jpg

Noticias por estado

Mais de 14 toneladas de alimentos saudáveis são doadas pela CPT Alagoas para comunidades em situação de vulnerabilidade social

Mais de 14 toneladas de alimentos saudáveis são doadas pela CPT Alagoas para comunidades em situação de vulnerabilidade social

“... voltarão a construir as cidades que foram destruídas, e nelas vão morar. Plantarão vinhedos e beberão seu vinho; formarão pomares e comerão suas frutas. Eu vou plantá-los na sua própria terra, e jamais serão novamente arrancados dessa terra, que eu mesmo lhes dei – diz Javé, o Deus de…

Leia mais:

Agricultoras paraibanas dizem 'não' aos parques eólicos na 13ª Marcha pela Vida das Mulheres e pela Agroecologia

Agricultoras paraibanas dizem 'não' aos parques eólicos na 13ª Marcha pela Vida das Mulheres e pela Agroecologia

Agricultoras, lideranças e agentes da CPT de Campina Grande e de Guarabira (Paraíba), de Mossoró (Rio Grande do Norte) e de Garanhuns (Pernambuco), participaram na manhã da segunda-feira, 02 de maio, da 13ª Marcha pela Vida das Mulheres e pela Agroecologia.

Tendo como lema como lema "Mulheres em defesa do território:…

Leia mais:

PPP da Violência no Campo

 O Governo e o Judiciário de Pernambuco precisam romper o Pacto Público-Privado da violência no campo na Mata Sul de Pernambuco

A Comissão Pastoral da Terra (CPT) oferece o maior banco de dados da América Latina e do mundo sobre os conflitos no campo em um país. A série histórica desses registros e sua divulgação tiveram início em 1985, com a publicação da primeira edição do Caderno Conflitos no Campo Brasil, e seguem até os dias atuais. Esse extenso banco de dados nos fornece elementos para analisarmos a dinâmica da luta e da resistência no campo brasileiro e, sobretudo, como se movimentam os blocos de poder patrocinadores da violência no campo: o poder privado e o poder público.…

Leia mais:

PL reduz zona rural em Garanhuns e agricultores podem ter perdas na previdência, terras e renda

PL reduz zona rural em Garanhuns e agricultores podem ter perdas na previdência, terras e renda

Localizado a 6 quilômetros de Garanhuns, maior cidade do Agreste Meridional de Pernambuco, o Quilombo Castainho tem sentido o impacto do crescimento desordenado dos centros urbanos. Uma das principais lideranças quilombolas da região, José Carlos da Silva, conhecido como Zé Carlos do Castainho, de 65 anos, observa ao longo do tempo o avanço da zona urbana sobre a zona rural. Só nos últimos 30 anos, ele relembra, viu as águas da nascente do Rio Mandaú se tornarem inutilizáveis por conta da poluição e falta de saneamento, e, em alguns pontos, até mesmo secarem.…

Leia mais:

Alagoas
Total de Artigos:
216
Paraíba
Total de Artigos:
157
Pernambuco
Total de Artigos:
456
Rio Grande do Norte
Total de Artigos:
64