Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 10.jpg
  • 7.jpg
  • 9.jpg
  • 3.jpg
  • 8.jpg
  • 1.jpg
  • 6.jpg
  • 4.jpg
  • 2.jpg
  • 5.jpg

Trabalho Escravo

Impunidade Agrava situação de Trabalho Escravo

De acordo com a Comissão Pastoral da Terra (CPT), das aproximadamente 200 denúncias de trabalho escravo feitas anualmente no Brasil, menos da metade são averiguadas. A Instituição ainda afirma que a impunidade é o fator responsável pela perpetuação da prática.

Leia mais:

Trabalho degradante e sem registro

São Francisco e Ibiaí (MG) - "O Senhor é meu pastor, nada me faltará." Assim começa o Salmo 23. Recomenda-se recitá- lo em momentos de aflição. Na Fazenda Salmo 23, no município de São Francisco, no Norte de Minas, Maria Ursulina Vieira, de 48 anos, trabalha sem carteira assinada. Ganha R$ 50 por mês, o equivalente a 13% do salário mínimo.

fonte: Diário de Pernambuco (caderno Brasil) 19 de novembro de 2007…

Leia mais:

Trabalho escravo volta a ser fiscalizado

O Grupo Móvel de Fiscalização do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), encarregado de combater o trabalho escravo no Brasil, retomou suas atividades nesta segunda-feira (15). Para que o grupo móvel voltasse a atuar, o MTE assinou um termo de cooperação técnica com a Advocacia-Geral da União (AGU), que dará suporte jurídico aos fiscais. As operações estavam paradas desde o dia 21 de setembro, quando cinco senadores passaram a pressionar a atuação do grupo.…

Leia mais: