Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 10.jpg
  • 1.jpg
  • 3.jpg
  • 6.jpg
  • 2.jpg
  • 9.jpg
  • 5.jpg
  • 8.jpg
  • 7.jpg
  • 4.jpg

Pernambuco

Comunidade do Gongo, em Itambé, celebra mais um ano de resistência na terra

Camponeses e camponesas da comunidade do Engenho Gongo “Terra de Jeremias”, em Itambé, reuniram-se em um mutirão de celebração por mais um ano de resistência e permanência na terra. Na última quarta-feira, 13, a comunidade formada por cinquenta famílias posseiras celebrou o dia com diversas atividades coletivas, como a organização…

Leia mais:

CPT PE lança o relatório "Conflitos no Campo Brasil 2021" durante 9º Jornada Universitária em Defesa da Reforma Agrária da UFRPE

CPT PE lança o relatório

A Comissão Pastoral da Terra (CPT), em Pernambuco, realizou nessa segunda-feira, 11, o lançamento da publicação "Conflitos no Campo Brasil 2021". A apresentação dos dados ocorreu na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e integrou a programação da 9ª Jornada Universitária em Defesa da Reforma Agrária (JURA) organizada pela instituição de ensino.…

Leia mais:

Em Pernambuco, 30.941 camponeses e camponesas sofreram com os conflitos no campo durante o ano de 2021

Em Pernambuco, 30.941 camponeses e camponesas sofreram com os conflitos no campo durante o ano de 2021. Os dados são do Caderno Conflitos no Campo Brasil - 2021, da Comissão Pastoral da Terra (CPT), publicado no mês de abril. De acordo com o levantamento, foram registradas 99 ocorrências de conflitos no campo no estado, o que representa uma média de um conflito a cada 3,6 dias na zona rural pernambucana.…

Leia mais:

Em Pernambuco, 30.941 camponeses e camponesas sofreram com os conflitos no campo durante o ano de 2021

Em Pernambuco, 30.941 camponeses e camponesas sofreram com os conflitos no campo durante o ano de 2021. Os dados são do Caderno Conflitos no Campo Brasil - 2021, da Comissão Pastoral da Terra (CPT), publicado no mês de abril. De acordo com o levantamento, foram registradas 99 ocorrências de conflitos no campo no estado, o que representa uma média de um conflito a cada 3,6 dias na zona rural pernambucana.…

Leia mais: