Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 9.jpg
  • 8.jpg
  • 3.jpg
  • 5.jpg
  • 10.jpg
  • 1.jpg
  • 7.jpg
  • 4.jpg
  • 6.jpg
  • 2.jpg
A CTNBio adiou a decisão sobre a liberação comercial de uma semente transgênica de milho, tolerante ao glufosinato de amônio, cujo pedido de registro foi feito em 1998. Ambientalistas do grupo vegetal-ambiental da CTNBio levantaram dúvidas sobre pareceres técnicos, o que impediu a decisão. Um novo parecer será encomendado para um especialista externo e, se necessário, um seminário será realizado no próximo mês para rever o assunto. Somente então o grupo se definirá sobre a aprovação. Os quatro processos para liberar outras sementes transgênicas, que também estavam na pauta da reunião de ontem, não chegaram a ser avaliados. Eles só serão analisados depois que o primeiro item, o do milho, tiver seu pedido definido - OESP, 19/10, Vida, p.A21; O Globo, 19/10, Ciência, p.34. Tirado do boletim Manchetes Socioambientais Em 19.10.06