Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 5.jpg
  • 4.jpg
  • 10.jpg
  • 9.jpg
  • 2.jpg
  • 8.jpg
  • 3.jpg
  • 1.jpg
  • 7.jpg
  • 6.jpg

O advogado Bruno Ribeiro e o agente pastoral Geavani Leão são os entrevistados desta semana

 
 
No Engenho Fervedouro (Jaqueira), cerca de 75 famílias posseiras vivem sob tensão e ameaças - CPT PE

A luta pela terra atravessa a história do estado de Pernambuco e até hoje é uma questão presente na vida da população do campo. E é justamente a atualidade da questão agrária no Brasil que guiará as edições do mês de abril do Prosa e Fato.

Apenas nos últimos dois anos, ao menos 58 denúncias de ameaça de morte devido a conflitos no campo em Pernambuco foram registradas pela Comissão Pastoral da Terra (CPT). Desse total, 41 ocorreram na  Zona da Mata Sul de Pernambuco, região em que homens encapuzados mataram o menino Jonatas Oliveira, de 9 anos, filho do líder rural Geovane da Silva Santos. 

Para conversar sobre o panorama geral dos conflitos no campo no estado, os convidados desta edição são Bruno Ribeiro, advogado da Federação dos Trabalhadores da Agricultura de Pernambuco (Fetape) e de trabalhadores em áreas de conflito e também Geovani Leão, geógrafo e agente da Comissão Pastoral da Terra (CPT).

O Prosa e Fato é um programa de entrevistas que debate os mais diversos temas a partir de uma visão popular e vai ao ar na Rádio Paulo Freire 820 AM todas as segundas às 12h, na Rádio Brasil de Fato e também nas principais plataformas de streaming, como Spotify e Google Podcasts.

Ouça a entrevista: https://www.brasildefatope.com.br/2022/04/11/intensificacao-dos-conflitos-agrarios-em-pernambuco-e-tema-do-programa-prosa-e-fato

 


 

Edição: Vanessa Gonzaga