Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 10.jpg
  • 8.jpg
  • 5.jpg
  • 7.jpg
  • 4.jpg
  • 3.jpg
  • 9.jpg
  • 1.jpg
  • 6.jpg
  • 2.jpg

A campanha Comida é Patrimônio é uma iniciativa do Fórum Brasileiro de Soberania e Segurança Alimentar (FBSSAN). Neste mês de março ela entra na sua quarta fase e traz a possibilidade do público interagir navegando em um mapa digital onde a riqueza dos patrimônios alimentares dos biomas brasileiros, dos povos, da cultura e da biodiversidade estarão à mão de quem tem interesse em conhecer esses mundos de vida. O lançamento do Mapa Digital aconteceu no dia 18 de março.

Comida é Patrimônio é uma campanha que teve início em 2015 e é uma estratégia de mobilização e comunicação. Ela tem como objetivo estimular a reflexão, o diálogo e ações voltadas para a valorização da cultura alimentar e à defesa de formas mais justas, equitativas, saudáveis, sustentáveis e solidárias de produzir, distribuir e consumir alimentos nos territórios. A campanha já passou por três fases e inicia sua quarta neste início de 2022, num momento em que o  País passa por um contexto de agravamento da fome entre grande parcela da população. Um atentado a dignidade humana, a soberania alimentar, ao meio ambiente e ao que nos resguarda o Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA).

O Brasil é um país de grande riqueza alimentar, de uma cultura e biodiversidade invejável. Cuidar desse patrimônio é quase uma necessidade básica para todos/as nós e, especialmente, para  os governos que precisam garantir políticas públicas que preservem esse patrimônio. O Mapa Digital traz essa riqueza mostrando através de sons, imagens e textos o que cada bioma tem. Ele é interativo  e cada pessoa pode navegar por um Brasil com muitos mundos de vida. Os conteúdos do mapa trazem a riqueza dos biomas, povos, culturas, comida e biodiversidade. Ele  também traz os anúncios e as denúncias que expressam as vozes de resistência nos territórios em defesa de sistemas alimentares justos e sustentáveis.

 

Com informações do Centro Sabiá