Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 1.jpg
  • 10.jpg
  • 8.jpg
  • 6.jpg
  • 2.jpg
  • 9.jpg
  • 5.jpg
  • 3.jpg
  • 7.jpg
  • 4.jpg
Durante a 21ª assembléia da Conferência Regional dos Religiosos/as do Brasil, entre os dias 16 e 20 de julho, em São Paulo, os 600 participantes publicaram Moção de apoio às ações que organizações sociais, movimentos populares, povos e comunidades tradicionais fazem pela revitalização e contra o projeto do governo federal de transpor o rio São Francisco.

Segue abaixo texto na íntegra.

MOÇÃO DE XXI ASSEMBLÉIA GERAL ELETIVA DA CRB NACIONAL

Para:

Opinião pública nacional e internacional,

Ministros do Supremo Tribunal Federal

Articulação das organizações sociais e movimentos populares que acamparam em Cabrobó (PE).

A 21ª Assembléia Nacional da CRB - Conferência dos Religiosos/as do Brasil - congregando no Liceu Coração de Jesus, Largo do Coração de Jesus - Campos Elíseos, em São Paulo nos dias de 16 a 20 de julho de 2007, cerca de 600 Superiores e Superioras Maiores e delegados/as das Congregações e Institutos Religiosos presentes no Brasil, sabendo da luta árdua e justa dos povos indígenas, dos ribeirinhos, quilombolas, sem terra, pequenos agricultores, na bacia do Rio São Francisco em defesa do seu rio; tendo conhecimento dos estudos de expressivos cientistas e estudiosos bem como de lideranças populares de todo o país, em relação à transposição do rio São Francisco, expressa, por meio desta, sua total solidariedade com os movimentos sociais e as entidades de apoio que exigem o cancelamento da transposição do Rio São Francisco e a adoção de outro modelo de desenvolvimento e outra prática participativa e democrática nas decisões que dizem respeito aos bens da natureza, dádiva de Deus, e ao trato do dinheiro público.

Aguarda, com muita expectativa e confiança na justiça, o pronunciamento final do STF, solicitado pelo próprio Procurador Geral da República. Temos clara consciência de que as autoridades não passarão por cima das irregularidades e suspeitas que o projeto apresenta e espera que possa arquivá-lo definitivamente por ser inadequado às expectativas da nação e do planeta.

Transmitimos nosso encorajamento e compromisso de presença solidária para todas as pessoas de boa vontade, na construção de um país mais justo que respeite a vida de seus povos e sua casa comum, o planeta terra e água.. Fazemos nosso o grito animado dos povos do velho Chico.

TRANSPOSIÇÃO NÃO, COMVIVER COM O SEMI-ÁRIDO É A SOLUÇÃO!

SÃO FRANCISCO VIVO - TERRA E ÁGUA, RIO E POVO!

Os participantes da XXI Assembléia Geral da CRB

São Paulo, 18 de julho de 2007