Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 10.jpg
  • 8.jpg
  • 5.jpg
  • 9.jpg
  • 2.jpg
  • 4.jpg
  • 6.jpg
  • 3.jpg
  • 7.jpg
  • 1.jpg

O Grupo Móvel de Fiscalização do Trabalho Escravo registrou os primeiros resgates de trabalhadores em situação de semelhante à escravidão de 2008. O estado do Mato Grosso foi o primeiro a registrar libertações. Em três ações no primeiro mês deste ano, o Grupo resgatou aproximadamente 100 trabalhadores. Grupo móvel do trabalho escravo registra primeiras libertações do ano

De Gisele Barbieri, Radioagência NP

Na fazenda Vale do Rio Verde, no município de Tapurah, foram retirados 41 trabalhadores, outros 11 foram encontrados em uma propriedade no município de Nova Canaã e mais 28 em uma fazenda no município de Feliz Natal, neste caso foram libertadas quatro mulheres e quatro crianças. Nas irregularidades encontradas nas propriedades constam alojamentos inadequados e falta de carteira assinada. Na fazenda Feliz Natal, os banheiros para os trabalhadores foram construídos dentro do rio que fornecia água para os mesmos. O valor da multa que será paga pelos proprietários dessas fazendas deve ficar entre R$ 60 e R$ 100 mil, incluindo dívidas trabalhistas e danos morais coletivos.

Neste ano o Grupo também já realizou ações no estado do Maranhão, aproximadamente 20 trabalhadores foram libertados de uma fazenda no município de São Raimundo do Doca Bezerra. Segundo os auditores fiscais do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego), as ações de fiscalização realizadas em 2007 garantiram o cumprimento dos direitos trabalhistas de aproximadamente 7.5 mil trabalhadores.

19/02/08.