Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 1.jpg
  • 4.jpg
  • 7.jpg
  • 10.jpg
  • 8.jpg
  • 9.jpg
  • 6.jpg
  • 2.jpg
  • 3.jpg
  • 5.jpg

 

Aproximadamente 500 trabalhadores e trabalhadoras rurais da zona da mata norte de Pernambuco bloquearam a BR-408, no município de Paudalho, na manhã desta segunda-feira, dia 25/07/2016. Participaram do protesto os trabalhadores/as rurais do assentamento Chico Mendes, ligado ao MST, trabalhadores/as dos assentamentos do complexo Prado (Tracunhaém), além dos sindicatos ligados à Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar de Pernambuco (Fetraf/PE). O protesto teve início às 7hrs e foi interrompido por volta das 10h30 por Policiais do Batalhão de Choque e Bombeiros. A ação faz parte da mobilização nacional do dia do trabalhador e trabalhadora rural. De acordo com Severino Francisco Rodrigues, assentado da Reforma Agrária no município de Tracunhaém, a mobilização denuncia as ameaças e a perda de direitos dos trabalhadores do campo e da cidade, postas em prática pelo presidente interino Michel Temer. Além do bloqueio da BR-408, outras ações ocorrerão no estado e em várias cidades do país ao longo do dia.

 

As mobilizações são coordenadas pela Fetraf com o apoio de diversas organizações e movimentos sociais do campo. Em nota, a Fetraf, ressalta que os camponeses e camponesas "neste dia D reivindicam Reforma Agrária Já, como também dizem não ao golpe, as propostas de mudanças na previdência social que aumentam a idade de aposentadoria do trabalhador e trabalhadora da agricultura familiar, a violência no campo, a extinção do Ministério do Desenvolvimento Agrário, o fim das políticas de assistência agrária entre outras que constam na pauta dos movimentos que lutam pela terra".

 

CPT Regional Nordeste II, com informações da Fetraf