Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 6.jpg
  • 2.jpg
  • 7.jpg
  • 8.jpg
  • 4.jpg
  • 3.jpg
  • 9.jpg
  • 5.jpg
  • 10.jpg
  • 1.jpg

Mais uma comunidade camponesa relata conflito envolvendo empreendimento agropecuário, desta vez no Sertão da Paraíba. Famílias agricultoras posseiras da comunidade Manaus, situada no município de Belém do Brejo da Cruz (PB), relataram à Comissão Pastoral da Terra (CPT) estarem enfrentando um conflito agrário nas terras em que vivem há mais de 100 anos. Segundo informações locais, os antigos proprietários estão negociando as terras com uma empresa potiguar do ramo da pecuária. Sem levar em consideração o direito das 23 famílias que ali vivem há gerações, a empresa já vem tentando impedir a produção de alimentos e intimidando os agricultores e agricultoras, conforme relatos. Também há informações de ameaças a lideranças locais.

A comunidade, com o apoio da CPT, já encaminhou ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) um pedido de vistoria do imóvel. Também é prevista a realização de uma audiência mediada pelo mandado do Deputado Federal Frei Anastácio, com a presença das famílias agricultoras, da prefeitura do município e do governo do estado para discutir as soluções para o conflito. 

 

Imagens: Reunião com as famílias camponesas da comunidade Manaus (PB) - Equipe CPT Sertão da Paraíba