Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 6.jpg
  • 8.jpg
  • 2.jpg
  • 5.jpg
  • 9.jpg
  • 1.jpg
  • 3.jpg
  • 10.jpg
  • 7.jpg
  • 4.jpg
Onze organizações ambientais francesas, além de povos indígenas do Brasil e da Colômbia, protocolaram ação, cuja primeira audiência será realizada nesta quinta-feira (9).
O grupo francês Casino, dono do Pão de Açúcar e do colombiano Éxito, é acusado na França de não cumprir uma lei de 2017 segundo a qual companhias com mais de 5 mil funcionários têm um "dever de vigilância" quanto a violações ambientais em suas filiais pelo mundo.
As organizações denunciam que o Casino, com suas marcas locais, comercializa produtos ligados ao desmatamento ilegal na Amazônia.
O julgamento é inédito e, segundo o portal da Rádio França Internacional (RFI), aumenta a pressão sobre as multinacionais que atuam no Brasil, em especial as que lidam com o agronegócio.
 
Fonte: https://br.sputniknews.com/20220609/gigante-varejista-francesa-sera-julgada-na-franca-por-desmatamento-no-brasil-23002724.html