Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 4.jpg
  • 8.jpg
  • 5.jpg
  • 9.jpg
  • 6.jpg
  • 2.jpg
  • 1.jpg
  • 10.jpg
  • 3.jpg
  • 7.jpg

A Via Campesina Brasil, no marco de celebração internacional dos 25 anos da definição, construção e luta pela Soberania Alimentar, realiza a Jornada da Soberania Alimentar: Contra o agronegócio para o Brasil não passar fome.

 

A estimativa do Banco Mundial é que cerca de 5,4 milhões de brasileiros atinjam a extrema pobreza, chegando ao total de 14,7 milhões de pessoas até o fim de 2020. Foto: Leonardo de França

Da Página do MST

Neste momento em que nosso país vive o drama da volta ao mapa da fome, em que mais de 20 milhões trabalhadores e trabalhadoras não têm o que comer, mais da metade de nossa população está em insegurança alimentar, milhões estão desempregados e vivemos um processo de deterioração geral das condições de vida da classe trabalhadora, a Via Campesina Brasil segue a denúncia contra o Governo Bolsonaro e o Agronegócio!

Não há soberania alimentar na política do agronegócio e sua ganância! Aliados, Bolsonaro e o agronegócio destroem o país e matam nosso povo, agravando a situação já caótica por conta da pandemia. Ao mesmo tempo em que contribui para o aumento da fome no Brasil, o agronegócio expande seus lucros exportando comodittes e deixando o rastro de miséria, fome, sangue e desmatamento.

Campesinato tem o caminho para combater a fome
Foto: Matheus Alves

Diante desta realidade de aprofundamento da conjunção de crises e do aumento da fome, nós lembramos que há 25 anos lançamos a proposta para resolver a crise alimentar no mundo: a Soberania Alimentar inspirada nas experiências da Via Campesina.

Reafirmamos que é do campesinado que vem a saída para a fome e para a insegurança alimentar. Que temos experiência para reorganizar o sistema agrário, produtivo e alimentar para a dignidade de nosso povo e não para a fome!

Demarcando esse contexto, as organizações da Via Campesina Brasil constroem a sua Jornada Nacional de Denúncia e Solidariedade.

Denunciamos o alto preço dos alimentos, a fome e os crimes desse governo Bolsonaro e do agronegócio. Espalhamos solidariedade em todos os cantos do país, distribuindo alimentos saudáveis, comida de verdade. Denunciamos que Bolsonaro vetou o PL 823, a Lei Assis Carvalho II, de recursos para os povos do campo, das águas e das florestas produzirem comida para o povo brasileiro!

Dizemos #ForaBolsonaro e seu governo da morte! Congresso Nacional #DerrubaVetoPL823 #PL823ContraFome

Luta Internacionalista
Arte: Via Campesina

Juntos com a La Via Campesina Internacional e com a Coordinadora Latinoamericana de Organizaciones del Campo La Vía Campesina, com camponeses e camponesas de todo o mundo, fortalecemos a luta internacionalista pela vida digna da classe trabalhadora no campo, nas águas, nas florestas e nas cidades.

No Dia Internacional da Alimentação, 16 de outubro, fortalecemos as ações internacionais junto à La Via Campesina Internacional e à Coordinadora Latinoamericana de Organizaciones del Campo La Vía Campesina. Será o DIA INTERNACIONAL DE AÇÃO POR SOBERANIA ALIMENTAR DOS POVOS E CONTRA AS TRANSNACIONAIS! O lema é Soberania Alimentar é terra, água, sementes, pão e solidariedade!

*Editado por Fernanda Alcântara