Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 5.jpg
  • 1.jpg
  • 7.jpg
  • 9.jpg
  • 8.jpg
  • 2.jpg
  • 10.jpg
  • 4.jpg
  • 6.jpg
  • 3.jpg

Neste próximo domingo (19), haverá um ato político-cultural, em comemoração ao Centenário de Paulo Freire - considerado a maior referência da educação popular do mundo. A festividade está prevista para iniciar às 9h, em frente ao Armazém do Campo/MST, localizado na Avenida Martins de Barros, 387, no bairro Santo Antônio, no Recife, na ocasião, os participantes seguirão em cortejo até o Marco Zero.

Lá maracatus, cordelistas, religiosos se apresentarão encerrando com uma ciranda. A iniciativa tem como objetivo realizar um ato de expressões da educação popular com diversos sujeitos sociais que têm se inspirado no legado de Paulo Freire, na valorização da emancipação e da autonomia, da democracia, da luta e do afeto, da combatividade e da generosidade, do enfrentamento e da amorosidade.

Mesmo neste contexto de pandemia, a organização do evento, destaca que diversos lugares do País e do mundo estarão homenageando esse educador. “Milhares de manifestações serão realizadas no mundo todo, como forma de celebrar a sua memória e defender o seu legado. Apesar das limitações impostas pela pandemia e seus devidos e necessários cuidados, iremos organizar formas para celebrar, comemorar e festejar, bem como, alimentar e renovar o nosso compromisso em defesa de suas ideias e práticas em defesa da democracia", afirma um trecho do manifesto.

Vale destacar, que no dia 19, e durante todo o dia 20 de setembro, haverá uma série de atividades virtuais aberta à participação de todos, veiculada principalmente pelo canal de YouTube da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). A programação está sendo divulgada pelo Instagram @centenariopaulofreirepe.

Programação:

9:00 - Acolhimento com um café da manhã com Paulo Freire, através do Mesão em frente ao Armazém do Campo/ Recife.

9:30 - Ato político: apresentação e saudação informal

10:00 - Distribuição de flores e cartões com frases de Paulo Freire (simbologia da PRIMAVERA e do ESPERANÇAR)

11:00 - Cortejo (saindo do Armazém do Campo até o Marco Zero/Recife)

Roteiro cultural

⦁ Batucada feminista/FMPE

⦁ Cordel – Suzana Cordelista

⦁ Pedal (LULA LIVRE)

⦁ Batucada do Levante Popular

⦁ Maracatu Ogum Onerê da Várzea

⦁ Maracatu Linda Flor do Ibura,

⦁ Grupo Pé no Chão

12:30 - Encerramento com uma grande ciranda

Mais informações:

Joana Santos

(81) 98647-4703

Assessoria de Comunicação

Rafael Negrão

(81) 9511.1987