Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 3.jpg
  • 8.jpg
  • 4.jpg
  • 5.jpg
  • 6.jpg
  • 1.jpg
  • 2.jpg
  • 9.jpg
  • 10.jpg
  • 7.jpg
Cerca de 500 Sem Terrinha acampados e assentados estão em Maceió, capital alagoana, para uma audiência com o governado do estado, onde será apresentada uma pauta de reivindicações. A atividade faz parte da mobilização nacional dos Sem Terrinha. O lema da jornada de lutas desse ano é “Todos e todas Sem Terra Estudando”. Entre as reivindicações estão a implantação de escolas de ensino médio nas áreas de assentamento, a conclusão e eletrificação das creches e casas de farinhas nos assentamentos e a implementação do projeto para abastecimento de água tratada. Além disso, as crianças também exigem a conclusão das obras do Centro de Formação em Atalaia, a liberação dos recursos para capacitação dos acampados e assentados na produção agrícola (PRONAF/SEAGRI) e a prisão dos mandantes e executores dos crimes cometidos contra os trabalhadores e lideranças rurais, em especial de Jaelson Melquíades, em novembro de 2005. Fonte; MST Publicada em: 19/10/2006 Karine Mourão