Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 10.jpg
  • 1.jpg
  • 3.jpg
  • 4.jpg
  • 6.jpg
  • 9.jpg
  • 8.jpg
  • 2.jpg
  • 7.jpg
  • 5.jpg
A CPT de Xinguara recebeu informações por meio de trabalhadores rurais que no dia 05 de setembro do corrente ano, dois sem-terra foram assassinados e um terceiro ficou ferido, por pistoleiros do fazendeiro Cássio Carvalho do Val, pretenso proprietário da Fazenda Santa Tereza, Município de Cumaru do Norte. Segundo essas informações, por volta das 11:00 da manhã daquele dia, os três sem-terra dirigiam-se para um acampamento, na referida Fazenda levando mantimentos, quando foram interceptados na estrada por pistoleiros fortemente armados, que ameaçando eliminar todos os acampados, dispararam contra os três homens, sendo que dois morreram na hora e um ficou gravemente ferido. Vale ressaltar que no ano de 2004 o fazendeiro Cássio Carvalho do Val, juntamente com policiais militares protagonizou um despejo ilegal às margens da estrada, fora da Fazenda Santa Tereza, onde atearam fogo aos 33 barracos dos sem-terra, fatos pelos quais está respondendo a processo criminal perante a Justiça. Desse modo, nota-se que a violência tem sido reiteradamente utilizada por este pecuarista, que não hesita em ultrapassar os limites da lei para atingir seus objetivos, nem sempre tão nobres. Conforme informações da tribo Kayapó as terras que formam a Fazenda Santa Tereza teriam sido doadas pelos indígenas para Cássio do Val, não se sabendo ao certo se estão devidamente documentadas. Diante disso, exigimos rigorosa apuração desses fatos, para a devida punição dos responsáveis e assim, cessando a impunidade, se evite o cometimento de novos crimes. Xinguara-PA, 11 de setembro de 2006.