Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

ONU critica trabalho escravo no Brasil

A informação é da relatora especial da ONU sobre formas contemporâneas de escravidão, Gulnara Shahinian, que veio ao país em maio. As críticas estão em relatório que será divulgado hoje no Conselho de Direitos Humanos, em Genebra.
"O uso continuado do trabalho escravo, evidenciado pelo número dos libertados, sugere que…

Leia mais:

Frei da CPT é reconhecido como herói na luta contra o tabalho escravo

Frei Xavier Plassat está nesse momento em uma solenidade em Washington, com a secretária de estado norte-americano, Hilary Clinton, para o lançamento do relatório anual “Tráfico Internacional de Pessoas”, quando, também, junto com outros oito cidadãos e cidadãs de diversas partes do mundo, será reconhecido como herói na luta contra o trabalho escravo no mundo.…

Leia mais:

MPF denuncia Usina Cruangi

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou ontem o empresário José Guilherme Queiroz Filho, diretor da Usina Cruangi, à Justiça Federal, pela acusação de manter trabalhadores em condições análogas à de escravo. A denúncia foi resultado de uma investigação realizada pelo Ministério do Trabalho e Emprego em fevereiro de 2009 no Engenho Ribeiro Grande, localizado no município de Aliança, na Zona da Mata de Pernambuco, que faz parte da usina.…

Leia mais:

Crescimento não pode "custar" direitos, diz relatora da ONU

Esforços no combate ao trabalho escravo e pioneirismo no cenário internacional reconhecidos. Não faltaram referências favoráveis ao Brasil no pronunciamento da advogada armênia Gulnara Shahinian, atual Relatora Especial da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre Formas Contemporâneas de Escravidão, após a sua passagem de 12 dias.…

Leia mais:

Trabalho escravo ofende Constituição, diz Ayres Britto

O trabalho escravo não ofende somente as suas vítimas, mas fere a própria Constituição brasileira. A declaração do vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Carlos Ayres Britto, de que a escravidão contemporânea é um atentado triplo aos preceitos constitucionais da primazia do trabalho, da dignidade da pessoa humana e do desenvolvimento marcou a cerimônia de abertura do I Encontro Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo, na noite desta terça-feira (25).…

Leia mais:

Ato político denuncia nomes dos “escravagistas” no Brasil

\"\"

161 cruzes com o nome dos  escravagistas do Brasil foram fincadas no gramado do Congresso Nacional, em Brasília (DF). O ato político realizado na tarde desta quinta-feira (27), marcou o encerramento do 1º Encontro Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo.…

Leia mais: