Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

 

No último dia 18 de março, antes das determinações de quarentena em decorrência do Coronavírus, foi realizado o 2º Seminário em Defesa da Mata do Seró: a importância de uma consciência ecológica, no município de Dona Inês, na Paraíba. A atividade foi organizada pela Associação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do P.A Sítio e contou com a equipe da CPT em Guarabira, que fez a formação e facilitou os debates entre os agricultores e as agricultoras. 

Ocorrido na Sede da Associação, o Seminário contou com a participação de 40 representantes das comunidades Baixio, Várzea Grande e Senhor do Bomfim.   Na ocasião, foi discutida a importância de uma consciência ecológica, partindo dos princípios da Ecologia Integral, tão abordada na Laudato Si (Louvado sejas) - carta escrita pelo Papa Francisco, na qual retrata o amor pela Casa Comum e a defesa da vida em todas as suas dimensões.  Também foram discutidos o modelo de produção agroecológica, a preservação ambiental e os impactos do desmatamento (perda da biodiversidade, erosão do solo e desertificação, dentre outros danos).

Para Francinalda Maria da Silva, representante da Associação, “a realização deste Seminário foi uma oportunidade para refletir e socializar o conhecimento sobre as questões ambientais na comunidade. Além de ter promovido o acesso à informação e à formação, a atividade agregou vida aos espaços locais, despertando a consciência social e política da importância da participação da comunidade nas decisões. Possibilitou a sensibilização sobre as atitudes que devemos tomar no local onde vivemos, ao perceber o quanto uma árvore, uma reserva, um espaço natural agrega valor, responsabilidade e identidade ao assentamento”.  

Desse modo, “vamos remodelando nosso comportamento, nossas atitudes por meio dessas ações continuas”, afirmou Francinalva. E continuou: “existem os problemas ambientais em escala global, mas nossa atuação e preocupação fazem diferença de forma direta na nossa localidade, numa perspectiva do local para o global. Esse seminário foi fundamental, pois fortaleceu nossa cidadania, nosso comprometimento e diálogo fraterno sobre o que nos é comum”, destacou.

 

 

Por CPT Equipe Guarabira 
Editado por CPT NE2
Imagens: CPT Equipe Guarabira