Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 5.jpg
  • 7.jpg
  • 9.jpg
  • 6.jpg
  • 1.jpg
  • 10.jpg
  • 2.jpg
  • 3.jpg
  • 8.jpg
  • 4.jpg

Publicação da Rede Social de Justiça e Direitos Humanos reúne informações sobre as tendências da produção de etanol no Brasil e sua relação com a crise econômica mundial. Com base nos dados levantados, o relatório analisa os impactos da “modernização” da produção de etanol nas relações de trabalho e nos conflitos pela terra. Segundo a publicação, sua “competitividade” acontece à custa da expansão da fronteira agrícola e da substituição da produção de alimentos por monocultivos voltados para a produção de agrocombustíveis. Acesse o relatório em pdf.

 

RELATÓRIO - A AGROINDÚSTRIA CANAVIEIRA E A CRISE ECONÔMICA MUNDIAL