Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 8.jpg
  • 9.jpg
  • 3.jpg
  • 6.jpg
  • 10.jpg
  • 7.jpg
  • 5.jpg
  • 1.jpg
  • 4.jpg
  • 2.jpg
Mulheres ligadas a Comissão Pastoral da Terra (CPT) e ao Movimento de Mulheres Camponesas (MMC), bloquearam na manhã desta quinta-feira, dia 08, um dos trechos da BR 101 Norte, localizado no município de Branquinha. A manifestação faz parte da mobilização ao Dia Internacional das Mulheres, comemorado neste dia 08 de março.

 

As camponesas exigem a liberação do crédito mulher para toda assentada e a inclusão imediata na relação de beneficiarias da Reforma Agrária, estradas para os assentamentos e acampamentos, a construção de creches e escolas nas áreas assentadas, a implantação do sistema de água potável nos assentamentos, a liberação de projetos produtivos e um melhor atendimento dos profissionais da saúde nas áreas dos assentamentos.

 

“Estamos cansadas de andar todos os dias para buscar águas nas nascentes, riachos, rios e fontes,  estamos cansadas de ter que ir para as cidades em busca de médicos e atendimentos de saúde, estamos cansadas de apresentar projetos aos governos e seres desprezados, estamos cansadas de ver nossas crianças andando quilômetros para ir à escolas, somos guerreiras e não cansamos de continuar lutando e insistindo que somos parte da criação e que contribuímos no cuidado com a natureza e somos gente, somos comunidades, somos cidadãs”, desabafou as mulheres camponesa.

 

O Centro de Gerenciamento de Crises da Polícia Militar de Alagoas e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) estiveram no local para negociar com as camponesas a liberação da rodovia. Segundo as agricultoras a BR só será liberada no final do dia.

 

Fonte: CPT AL