Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

Rio Grande do Norte

Usinas certificadas com selo social são autuadas por violações de direitos trabalhistas

Unidades da multinacional Louis Dreyfuss e do Grupo Farias, maiores usinas do Rio Grande do Norte, sofrem atuações por exploração de trabalhadores

Por Verena Glass

Dois dos maiores grupos do setor sucroalcooleiro atuantes no Brasil foram autuados, no último mês, por violações de direitos trabalhistas no Rio Grande do Norte. Entre os dias 7 e 16 de novembro, uma força-tarefa do Ministério Público do Trabalho (MPT) e do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) inspecionou a usina Biosev, da multinacional francesa Louis Dreyfuss, em Ares, tendo lavrado 35 autos de infração, e a usina Vale Verde, do Grupo Farias (da família do ex-senador Antonio Farias) em Baia Formosa, lavrando 17 autos de infração. A força-tarefa também fiscalizou a fazenda Estreito, que fornece cana para a usina Biosev, lavrando 21 autos de infração.…

Leia mais:

Milhares de Mulheres ocupam as ruas de Apodi e exigem do governo abertura de diálogo e suspensão do projeto

Cerca de três mil pessoas, em sua grande maioria mulheres, tomaram as ruas do município de Apodi, no Rio Grande do Norte, para expressar seu descontentamento e revolta ao Projeto de Irrigação Santa Cruz do Apodi, conhecido como “projeto da morte”. Um grito de denúncia ecoado pelas centenas de famílias, na iminência de serem expulsas de suas terras e terem sua história apagada, em conjunto com população local e representações políticas nacionais da CUT, Contag, Marcha Mundial das Mulheres e de outros movimentos sociais.…

Leia mais:

Agricultores se recusam a receber cisternas do governo no RN

Eles alegam que o material usado não resiste ao calor do sertão.
Onze municípios devem receber as cisternas de polietileno da Funasa.

Agricultores de Caraúbas, no Rio Grande do Norte, estão se recusando a receber as cisternas de plástico polietileno oferecidas pelo governo. Eles alegam que o material não resiste ao calor do sertão. Para fazer as atividades domésticas, a agricultora Edilúcia Arcanjo precisa armazenar água em toneis e potes já que não há cisterna na área onde mora, em uma comunidade rural de Caraúbas, no oeste do Rio Grande do Norte.…

Leia mais:

Elas se recusam a sair

Elas se recusam a sair

No coração da Chapada do Apodi, em Apodi, 31 famílias vivem o pior pesadelo de sua vida. Por ordem do Governo Federal, através do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), homens, mulheres e crianças da comunidade de Agrovila Palmares estão sendo obrigados a deixar seus lares para dar lugar a um perímetro irrigado. O projeto milionário que vai de encontro às políticas sociais em discussão no país construiu uma polêmica discussão entre campesinos e Governo que repercute em âmbito internacional e vai parar nos bancos do Ministério Público Federal.…

Leia mais:

RN - Projeto do perímetro irrigado da chapada do Apodi: um contrassenso.

“Essaluta não é apenas dos camponeses e camponesas de Apodi. A luta em defesa daChapada do Apodi se tornou uma luta nacional de todos aqueles e aquelas quedefendem a dignidade das comunidades camponesas”, diz o sociólogo.

Na chapada do Apodi,localizada na divisa dos estados do RioGrande do Norte e do Ceará,há uma “disputa por dois modelos de agricultura”, diz Antonio Nilton Bezerra Júnior,da Comissão Pastoral da Terra de Mossoró à IHU On-Line. Um dos modelos está“enraizado” nas comunidades da região, e tem uma preocupação com abiodiversidade, a distribuição de renda e democratização da água e da terra. Ooutro, ao contrário, “provoca a concentração de terra, de água e de renda, quedestrói a natureza, polui as águas e o solo, destrói a vida”.

 

*Entrevista especial com Antonio Nilton Bezerra Júnior, da CPT RN…

Leia mais: