Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

Pernambuco

Famílias acampadas têm lavouras destruídas em Sertânia/PE

Nos dias 02 e 06 de janeiro de 2018, as famílias do Acampamento Fortaleza, localizado às margens da BR 110, em Sertânia, sertão de Pernambuco, tiveram uma área de cerca de dois hectares de plantação de palma destruída pelo gado de proprietários da vizinhança com apoio de seguranças privados da área ocupada.

De acordo com as famílias acampadas, a soltura do gado nas lavouras é uma estratégia de ameaça dos fazendeiros da região para expulsar as famílias acampadas. “Eles estão empurrando o gado pra dentro da terra pra ver se agente sai da terra", afirma um dos trabalhadores que prefere não ser identificado.

No acampamento Fortaleza, são cerca de 20 famílias que reivindicam a desapropriação da área para fins de Reforma Agrária há cerca de três anos. O clima no local é tenso e os trabalhadores e trabalhadoras rurais sem terra, acompanhados pela CPT, se sentem prejudicados/as e esperam que as autoridades tomem uma providência urgente. O Ministério Público de Pernambuco, através de sua Promotoria Agrária, já foi acionado para acompanhar o caso.

Fonte: CPT NE 2 com informações da CPT Pajeú

 

Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

Rua Esperanto, 490, Ilha do Leite, CEP: 50070-390 – RECIFE – PE

Fone: (81) 3231-4445 E-mail: cpt@cptne2.org.br