Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

Pernambuco

Ameaça aos direitos dos/as trabalhadores/as faz com que dirigentes paralisem negociação com classe patronal

A Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados Rurais de Pernambuco (Fetaepe), a Fetape, os dirigentes sindicais da Zona da Mata e a Contar, com o apoio das Centrais Sindicais (CUT e CTB), decidiram paralisar as negociações da 38ª Campanha Salarial dos Canavieiros e Canavieiras para dialogarem com suas bases sobre a ameaça da classe patronal de retirar direitos da categoria. 

Os patrões estão propondo eliminar da Convenção Coletiva de Trabalho um direito historicamente conquistado pelos/as trabalhadores/as, que são as horas “in itinere”.

"Diante desse entrave, os dirigentes decidiram parar os debates para que possam informar à categoria o que está acontecendo e decidirmos, conjuntamente, a postura que será adotada. Não aceitamos nenhum direito a menos. Não vamos fazer nenhum acordo coletivo no qual os trabalhadores e trabalhadoras tenham prejuízos", explica o presidente da Fetaepe, Gilvan José Antunis.

O presidente da Fetape, Doriel Barros, diz que é importante esse tempo para que a categoria possa se organizar e os patrões possam repensar esse posicionamento. " Caso eles não voltem atrás, teremos greve na Zona da Mata". As negociações serão retomadas no dia 30 de outubro.

 

    

 

Fonte: FETAPE

 

 

Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

Rua Esperanto, 490, Ilha do Leite, CEP: 50070-390 – RECIFE – PE

Fone: (81) 3231-4445 E-mail: cpt@cptne2.org.br