Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

Paraíba

CPT e Organizações do Curimataú paraibano discutem sobre a implantação de parques eólicos na região

Com o intuito de entender sobre os impactos que vem sofrendo a Caatinga nesta região, a Comissão Pastoral da Terra (CPT) da Diocese de Campina Grande realizou, no dia 16 de maio, um Encontro Microrregional com instituições que atuam no Curimataú para discutir sobre a chegada de mais um “empreendimento”: os parques eólicos.

O evento aconteceu no Sindicato dos Trabalhadores rurais (STR) do Município de Sossego e teve como objetivo entender, junto com as ONGs, representante da paróquia, pastores e os assentamentos acompanhados  pela CPT, sobre a situação de ameaças que ronda as comunidades camponesas. Os camponeses e as camponesas têm clareza que a maior ameaça para eles é o poder do Estado (município e União) e dos fazendeiros. Aquele porque não investe na Agricultura Familiar Camponesa e esses porque expulsam as famílias do campo sempre que necessitam ampliar seus investimentos. Na roda de diálogos foi lembrando que existe uma re-apropriação das terras, “eles querem e tomam nossa terra de volta” quando a mineradora compra um “pedaço”, quando o “INCRA” quer entregar o título e “uma pessoa só vai poder comprar vários lotes”. Assim também será com os parques, já que não estão sendo implantados nas grandes fazendas, mas estão “arrendando terra dos pequenos”.

A reflexão foi feita à luz da Campanha da Fraternidade 2017, e em seguida houve uma partilha das ações que vem sendo realizadas para recuperar e proteger a Caatinga, como: Produção agroecológica; estruturação das comunidades para a convivência com o Semiárido. Ficou claro que ainda falta muito para que se tenha uma consciência maior sobre a necessidade de proteger a mata, e que poucas pessoas entendem que estão perdendo suas terras para as empresas, quer seja das eólicas, quer seja as mineradoras que exploram a mão de obra dos garimpos locais. Saímos desse momento com o compromisso de, em cada comunidade, fortalecer as experiências já existentes, além de manter articulados os assentamentos fortalecendo a luta na região.

 

Fonte: Equipe de CPT em Campina Grande/ Vanúbia Oliveira

 

Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

Rua Esperanto, 490, Ilha do Leite, CEP: 50070-390 – RECIFE – PE

Fone: (81) 3231-4445 E-mail: cpt@cptne2.org.br